sábado, 18 de dezembro de 2004

...Forever young...

Nunca tiveram momentos nas vossas vidas que deveriam durar eternamente?
É bom não é?

2 comentários:

M.C. disse...

hum...tantos tantos (felizmente!)! mas o raio do tempo está sempre a contrariar-me. Quando quero que corra anda devagar, quando quero que pare anda a uma velocidade alucinante.

Maria disse...

:)
Felizmente, esse "tipo" de momentos repete-se de tal forma que a própria vida é que deveria ser eterna.

Maria