quinta-feira, 9 de junho de 2005

... Porra ...

... Porra, apetece-me dizer Porra, por tudo e por nada, Porra é algo libertador, uma pequena palavra que nos liberta em momentos de alteração interior. Porra aplica-se nos mais variados momentos, nas mais variadas situações, atente-se:
Porra que o governo está a meter a mão no meu bolso; Porra que o tempo está quente; Porra que não chove; Que Porra vem a ser esta, então não há ninguém aqui a atender os clientes?
Que Porra, não há um taxi; enfim um sem número de porras para porras diferentes. E já agora um Porra muito especial... Que Porra será que nunca mais se vão esquecer daquele programa?

1 comentário:

Paulo Selão - Fã do Bombástico disse...

Tive sempre esta dúvida: Era mesmo o José C. Soares que apresentava o Bombástico e lhe dava aquele toque especial ou tinha instruções da produção (ou da SIC) para representar e portanto aquele apresentador indignado, corrosivo e drástico era uma simples personagem? É que se a 2ª hipótese é válida e se o José Carlos está a sofrer as consequencias... E mesmo que fosse de facto o José, a censura, teóricamente, já acabou; ou não?